Archive for November, 2009

Balada Mixta Gossip Girl Edition – 03/12

Vamos começar essa brincadeira gostosa?

Dia 03/12, essa quinta-feira, tem mais Balada Mixta! É não é qualquer uma: é a penúltima Mixta do ano! E é Gossip Girl Edition! Pra dar conta da festa, montamos um line up super especial com três grandes convidados!

O primeiro deles é o Glauco Sabino, produtor e jornalista de moda. O Glauco, que atua como redator de moda da Record e colaborador do portal MTV, é um aficcionado por street style, arte de rua e tudo que é underground. Lá no Descolex, seu blog que de tão vasto o conteúdo daqui a pouco vira site, ele escreve sobre todas essas paixões. O Glauco vai dividir as picapes com o Higor Dorta, outro das moda: Higor é webdesigner do Chic. Para a Mixta, eles prometeram um som fervido, dos clássicos até a Beyoncé.

Nossa segunda atração é o furacão MadMa, famosa pela voz dela arrasando nos Karaokiss da Funhell, festa-irmã da Balada Mixta. Filha de músicos, ela viveu por 10 anos na California aprendendo toda a história da música pop com o pai. Agora ela promete mostrar tudo que ela aprendeu nesse “intercâmbio”, fazendo um set 100% pop pra fazer a pixxxta da festa se acabar de tanto bater cabelo!

Por fim, pra fechar com chave de ouro, ninguém menos que Flavia Durante. Jornalista, pesquisadora de música e agitadora cultural, a Flavia tem quase 10 anos de carreira de DJ. Entre 2002 e 2008, junto com Hector Lima, produziu a POPSCENE!, festa que resgatou a noite santista e virou referência em todo o país, apostando em nomes até então desconhecidos como CSS e Bonde do Role. Atualmente ela é DJ residente da Soul Glow, festa no Bar Volt. A Flavia também prometeu um set bem pop com diversos nomes clássicos e outros atuais da cena pop.

Por fim, os DJs residente, néam? Pedro Beck abre a pixta como de costume e DJ Poms fecha a balada.

Como se isso não fosse o bastante, nossa Gossip Girl Edition é também a festa oficial de encerramento do YouPix, evento super bacana da Revista Pix que rola essa semana em SP.

XOXO!

LINE UP
– Mad Man
– Flavia Durante
– Glauco Sabino + Higor Dorta
– Balada Mixta DJs

Lista amiga (R$ 10): baladamixta@gmail.com
Lista amiga (R$ 10): baladamixta@gmail.com
Lista amiga (R$ 10): baladamixta@gmail.com

Flyer: Fabricio Miranda

Se jogan com a gente!

CONFIRME AQUI A SUA PRESENÇA!

Balada Mixta @ Funhouse
Rua Bela Cintra, 567
Dia 03/12 a partir das 23h
R$ 15 na porta ou R$ 10 com nome na lista

Advertisements

Coluna: Konichiwa, bartender #5

Ela conquista meu coração quando remexe com a “Dança da Cordinha”, que a Juliana Brandão mandou avisar lá de BH que vai voltar com tudo ao lado da lambada.

E ela também é a mãe de Camille Vitória. Estou falando de Carla Perez, Carlinha, a musa dessa próxima edição da Balada Mixta.
Carla, pra quem não sabe, povoa meu imaginário pop muito mais do que a Cher e a Donna Summer juntas. Isso porque, além de ter assistido muito Gugu e Domingão do Faustão, ela é a protagonista de “Cinderela Baiana”, big hit da filmografia trash da minha vida… Tanto é que eu TENHO UMA CÓPIA EM VHS!
Seleção?

 

Já devo ter assistido essa pérola da cinematografia nacional umas 15 vezes. Você nunca assistiu? Vou dar alguns motivos pra você procurar o torrent da preciosidade imediatamente. Vai lá:

1. Carlinha faz o papel de… Carlinha!

2. Carlinha pequena consegue roubar as atenções e os trocados dos pivetes que ficam tampando buraco com terra nas estradas baianas… dançando axé, claro.
3. Lázaro Ramos e a pior interpretação da sua vida.
4. Lázaro Ramos E Alexandre Pires na mesma cena.
5. Lázaro Ramos E Alexandre Pires na mesma cena, e é uma cena de ação meio Trapalhões.

Enquanto umas vão pr’A Fazenda, outras tomam o
mundo de assalto sendo tema da Balada Mixta

6. Tem uma cena maravilhosa que Carlinha dá um beijo na bochecha de Alexandre – e ele desmaia!
7. Na cena de “transformação” de Carla em uma “grande estrela”, eles vão numa BUTIQUE teoricamente muito chique. Se não estou enganado, o local tem AZULEJO no chão, mais feio que o da minha casa!
8. O vilão é tipo um escândalo, acho que ele usa Neon falsificado.
9. Tem uma cena com orixás que ninguém entendeu porque foi incluída ali no meio. Acho que nem o diretor entendeu.
10. A baiana que vende acarajé, que é a melhor atriz do filme inteiro, fica espantada com o sucesso de sua barraquinha depois que Carlinha dá um show de requebrado ali do lado e diz: “Mas essa baianinha parece uma Cinderela. Será que é um anjo que veio iluminar a minha vida?” Er.
11. E o clássico dos clássicos: o fim. Cuidado, spoiler, não aperte o play se não quiser ver o final!!!
Jorge Wakabara gosta da Scheila Carvalho e não curte a Sheila Mello

Balada Mixta – Carla Perez Edition – 19/11

Tá boa? Vamos começar essa brincadeira gostosa?

Essa quinta-feira, dia 19, é véspera de feriado. E adivinha? Tem Balada Mixta, sim senhor. Chegamos a nossa sexta edição com muito burburinho bom, então a neca, quer dizer, peteca, não pode cair! Por isso que pra essa festa vamos fazer a…

Carla Perez Edition! E o ixquema das edições pra quem ainda não sacou, é o seguinte: cada DJ é convidado a tocar uma música da Carlinha ou do É o Tchan, hahaha.

O line up vem bombando pra gente não ter que pensar em dia seguinte, si jogan!

mixtaeflyer#5

Quem abre a pista é um dos residentes da Balada Mixta: Pedro Beck. Muito 80’s e 90’s até uma da manhã. E quem fecha, dando a dica que a festa ta chegando ao fim é o DJ Poms, também residente e responsável por aquela decoração linda que você vê pelo sobradinho.

E os convidados?

Nossa musa Katylene está de volta depois de passar o fim de semana em Angra dos Gays ao lado da Madonna e do Eike! E se a trava é phyna e a neca é grossa, o line up é bapho, né? E a gente continua com nossa promoção: R$ 20 pra quem conseguir levar nossa residente mensal pra casa!

Os outros dois convidados fazem seus debuts nas picapes da Balada Mixta. O primeiro é a Lais Pattak. Agitadora cultural e diva das bees, a Lais é idealizadora de duas das mais animadas festas de música pop da cidade: a Killing the Dance, que em breve completa um ano de vida, e a Flash!.

O segundo é o DJ, stylist e designer, Ad Ferrera. Quem acha que é só as roupas do Ad que brilham, né não. Quem já dançou o set dessa bicha na pixta do Secreto sabe do que a gente ta falando.

Ta bom ou quer mais? Tá, mais. Surpresinha no segundo andar da casa! Quer uma dica do que é? Clica aqui!

LINE UP:

RESIDENTES
– Pedro Beck
– DJ Poms (Funhell)
– Katylene (Katylene.com)

CONVIDADOS
– Ad Ferrera
– Lais Pattak (Killing The Dance)

CONFIRME SUA PRESENÇA AQUI!

Lista amiga (R$ 10): baladamixta@gmail.com
Lista amiga (R$ 10): baladamixta@gmail.com
Lista amiga (R$ 10): baladamixta@gmail.com

Flyer: Fabricio Miranda

Se jogan com a gente!

Balada Mixta @ Funhouse
Rua Bela Cintra, 567
Dia 19/11 a partir das 23h
R$ 15 na porta ou R$ 10 com nome na lista (baladamixta@gmail.com)

Lady Gaga – Bad Romance

Coluna: Konichiwa, bartender #4

jorgeE quando a gente sabe que não vai numa Balada Mixta?

Pois é o caso. O colunista que vos fala faltará pela primeira vez no culto porque está trabalhando – na quinta, estarei em BH cobrindo Minas Trend Preview e aproveitando pra acompanhar o Eletronika, festival de música da cidade que vai ser bem legal, tem Anoraak no line-up e tudo!

Mas aí é com tristeza que digo que não vou. E pensando num tema pra coluna de hoje, uma vez que estou em Brasília (vou direto da capital federal pra BH) me preparando pra ir numa festa de Halloween (essa coluna foi escrita no domingo) de oncismo (consiste em uma máscara de onça mais macacão e bota pretos), pensei… por que não falar de Brasília? Dessa noite brasiliense lhinda?

Sei muito mais do passado da noite de Brasília do que do presente. E vou comentar os 4 lugares onde a Balada Mixta poderia acontecer por aqui:

1) Landscape: o seu, o meu, o nosso. Foi no Landscape que aconteceu o histórico show brasiliense d’Os Princesa em que nada deu certo e tudo deu certo, e que eu quebrei uma pia – desculpa, donos do Landscape, juro que não estava com aditivos químicos nem tive um acesso de fúria, foi sem querer. Foi no Landscape também que eu fiz a minha maior jogada de marketing: me joguei no chão. Literalmente. Tenho uma técnica pra cair – mas o meu condicionamento físico não é mais o mesmo, então não me peça pra fazer de novo. Lembro bem que um das vezes que caí no Landscape a Isabela, irmã da Fernanda Ferrugem, me perguntou enquanto eu ainda estava deitado: “Você desmaiou ou é uma performance?”. Ela não deve se lembrar, mas eu lembro.

2) Gates: onde acontecia (acontece?) a famosa Quarta Vinil, que só toca vinil. Não me lembro bem o que aconteceu lá, mas eu caí por lá também. E recordo vagamente de ter feito amizade com alguém que nunca mais vi na vida.

3) Dulcina: puta que pariu. Esse teatro desativado é uma balada gigantesca. É como se pegassem a batcaverna da Vila Madalena e colocassem um teto nela inteira e dissessem: “Isso é um teatro desativado, vamos fazer balada aí dentro”. Tipo, você entra, tem uma pista, aí tem um corredorzão, aí outro, aí outro, aí outro, e até você chegar no fim você está em Lousiana. Ou Luziânia. Enfim. Foi lá que eu fui falar com a MariMoon e ela me ignorou. Mas tudo bem, tinha um monte de gente falando mal dela na pista, e não de mim. Sabe que ela até que toca bem?

galleria4) Galleria. Now you’re talking my language. É lá que eu vou hoje. Já me contaram que tem rato correndo na pista. E que ampliaram – pegaram um puteiro que tinha na frente e estenderam. “Agora tem até piso!”. O Galleria é uma mistura de todas as baladas underground de SP com o charme de ficar no Conic, bem no centro deteriorado de Brasília, perto de onde tem traveco. O João Marcelo já foi uma vez pra lá e bem diloko passou no meio dos travecos porque desceu do táxi do lado errado. Vai daí que…

Brasilienses: contratem a Balada Mixta. E tem que ser o pacote – leva a turma.

Jorge Wakabara adora Brasília, Oscar Niemeyer e Legião Urbana. Mesmo.

Balada Mixta – Shakira Edition – 05/11

Vamos começar essa brincadeira gostosa?

Passada a ressaca pós-feriado, é hora de entrar em novembro com o pé direito. A Balada Mixta Shakira Edition, esta quinta-feira, ensina como!

Após o furacão que passou em São Paulo chamado Katylene Edition, demos folga pra nossa residente mensal, mas fizemos um line-up tão bapho que eu duvido que você não encontre a própria Katylene fervendo, dessa vez, na pixta!

O esquema dos residentes você já conhece, néam? O Pedro Beck abre a pixta com muito pop 80’s e 90’s e o Poms fecha a balada no mesmo esquema. E os convidados?

O primeiro deles é o Goos, nossa super amiga querida. Quem é da noite com certeza conhece o Goos. Sujeito alto, lindo, gostoso (e solteiro!) e que quando vira DJ, acaba com a pista! O Goos já tocou em noites bapho-loucas da cidade como a Vai! e a Grind. Vimos o set do Goos outro dia na Popfellas, balada de pop lá no Vegas comandada pelo Lucio Ribeiro e, oh beesha… quem viver verá.

mixtaeflyer#4

Depois, uma das primeiras-damas da Balada Mixta, a Jana Rosa, faz seu debut nas picapes da festa ao lado da nossa querida correspondente internacional, a famosa Ivo Sangalo. A Ivo, recém-chegada de Berlim, tem um blog super babado, o Vodca Barata, onde conta tudo sobre seu escapismo pelas OUROPA (Inxalá!). A Jana é a autora do Agora Que Sou Rica, blog super festejado sobre moda e comportamento – ou (des)comportamento, depende da sua capacidade de detectar um bom sarcasmo.

E a terceira atração? Alisson Gothz! Se existe alguém no mundo da noite e das baladas que não conheça Alisson Gothz, vai aqui uma colinha: o Alisson é uma estrela da montação e da história da noite paulistana! Mais do que hostess, mais do que performer, mais do que DJ, Gothz é uma diva, uma referência. Ter o cara nas picapes da Balada Mixta é uma honra. Já estamos ansioso pra ver qual será a montação escolhida pra Mixta! Será que ele vem de Shakira das gay?

Line up:

DJs Residentes
Pedro Beck
Poms (Funhell)

DJs Convidados
Goos
Alisson Gothz (Alôca)
Ivo Sangalo (Vodca Barata)
Jana Rosa (Agora Que Sou Rica)

Esse é o line-up de nossa quinta (!) edição!

A lista amiga (R$ 10) já está aberta: baladamixta@gmail.com

Toda essa loucurinha acontece nessa quinta-feira, dia 05! Se joga com a gente?

Confirme sua presença AQUI.

Balada Mixta @ Funhouse
Rua Bela Cintra, 567
Dia 05/11 a partir das 23h
R$ 15 na porta ou R$ 10 com nome na lista


Balada Mixta

Mensalmente no Estúdio Emme (Pedroso de Morais, 1036, Pinheiros). MUITA música POP! Mande seu nome para a lista amiga (R$ 25) e venha se jogar na pista com Katylene, Pedro Beck, Pomada e seus convidados: baladamixta@gmail.com